No próximo dia 30 de julho, quinta-feira, uma intervenção sonora chamada “Contra-hipnose midiática low tech”, que circulará pela cidade de Osório sendo tocada por um carro de som, dará início à programação do projeto “FORA DA GAIOLA - tensionamentos da paisagem sonora”, que apresentará também exposição de fotografias, performances, transmissões de áudio via FM e vídeos do artista multimídia Estêvão da Fontoura. O projeto, contemplado com recursos do edital “Jogue Limpo com a Cultura” da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Turismo, Cultura e Juventude da Prefeitura Municipal de Osório, é parte inaugural da Galeria de Arte Claudia Paim, programa de extensão do IFRS Campus Osório que disponibilizará para a comunidade osoriense uma infra estrutura de galeria de arte ainda inédita na cidade. O referido programa conta com recursos do “Edital IFRS nº 16/2020 - Apoio a projetos e programas de extensão voltados à arte e à cultura” e realizará pelo menos quatro exposições anuais e um festival anual de performance, com potencial para trazer ao município artistas de todo o estado. O cronograma do projeto sofreu alterações em função da pandemia Covid-19 e o que seria uma exposição descentralizada, com duração de um mês, será agora uma programação que se estenderá por todo o segundo semestre, ocupando as ruas da cidade e as redes sociais.

​​

A exposição “FORA DA GAIOLA – tensionamentos da paisagem sonora” toma como principal referencial teórico e artístico a obra do músico/compositor/artista estadunidense John Cage (Los Angeles, 1912 – Nova Iorque, 1992) e o conceito de Paisagem Sonora do músico e professor canadense Murray Schafer (Sarnia, 1933) para desacomodar a comunidade osoriense acerca da relação entre o ambiente urbano e seus sons. O projeto visa problematizar os conhecimentos sobre música e sobre artes visuais, trazendo para o debate manifestações artísticas que poderiam ser consideradas música experimental, mas foram propostas por um artista plástico que, a partir da influência de John Cage, trouxe para a Arte Contemporânea características próprias da música, como o corpo, o movimento, o som, e a relação entre espaço e tempo, e criou manifestações híbridas, conhecidas por Performance, Videoarte e Intervenção Urbana.

Estêvão da Fontoura (Porto Alegre, 1977) vive e trabalha em Osório, é artista multimídia, mestre em Informática na Educação pelo IFRS, especialista em Pedagogia da Arte pela Faculdade de Educação da UFRGS (2009), Licenciado em Artes Visuais (2018) e Bacharel em Artes Plásticas (2003) pelo Instituto de Artes da UFRGS. É professor de arte no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, campus Osório, onde vem desenvolvendo diversos projetos artísticos com as/os estudantes como parte das atividades do componente curricular “Arte Educação”. Alguns desses projetos se tornaram grandes oportunidades para as/os estudantes que já expuseram seus trabalhos artísticos na trienal “Eksperimenta!”, em Tallinn/Estônia (2017), no festival “URBAN 18”, em Munique/Alemanha (2018) e na exposição “Social Poster 2020 – Youth Dialogue Between Continents”, em Riga/Letônia (2020).

Programação

De 30/07 a 06/08

CONTRA-HIPNOSE MIDIÁTICA LOW TECH


Intervenção urbana com carro de som
Ruas de Osório, das 10h às 11h e das

14h30min às 15h30min

30/07 - Centro
31/07 - Caiu do Céu e Porto Lacustre
01/08 - Glória e Sul Brasileiro
03/08 - Albatroz e Caravagio
04/08 - Vila da Serra e Panorâmico
05/08 - Medianeira

06/08 - Atlântida Sul

 

​06/08 - Lançamento da mostra SOPRO (SOBRE OUSADIAS POSSÍVEIS E RECOMENDÁVEIS EM OSÓRIO)

Exibição de vídeos – Redes sociais do projeto

06/08 - “Trem imaginário de Porto Alegre à Torres”

Vídeo colagem digital inspirada no imaginário coletivo de um trem que ligue a capital do Rio Grande do Sul ao Litoral Norte.

 

 

 

 

 

13/08 - “O mundo por onde andei”

Vídeo colagem digital sobre as andanças do artista pela América do Sul e Europa que inspiraram a criação do presente projeto.

20/08 - "Por Onde Andei"

Exposição fotográfica, apresentando imagens feitas nos diversos lugares que deram origem às paisagens sonoras utilizadas no projeto "FORA DA GAIOLA - tensionamentos da paisagem sonora".

© 2015 by ESTÊVÃO DA FONTOURA. Made with Wix.com

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • SoundCloud Social Icon